Fale Conosco pelo MSN ou Skype

 19 DE SETEMBRO DE 2018

Email
HOME
QUEM SOMOS
Capacitação
Consultoria
PESQUISAS
NOTÍCIAS
Editorial
Destaques
Artigos / Entrevistas
Logística
Trânsito
Multimodalidade
Empresas
Comex - Mundo
Economia
Mercosul / Cone Sul
Tecnologia
Política
Legislação
Eventos e Cursos
Agência Intelog
ASSINE GRÁTIS
TODAS EDIÇÕES
INTELOG WIDGET
INTELOG TICKER
RSS
Entre em Contato
Tornar página inicial
Adicionar aos favoritos
Mapa do Portal
Recomendar
Imprimir esta página
Translate This Page

  Tempo



 

  Ferramentas

Calcule o tempo e as rotas para sua viagem
Show My Street - Passeio virtual pelas ruas do mundo
Flightradar 24 - Tráfego Aéreo em Tempo Real
Dados e Informações de Todos os Países do Mundo - IBGE
Veja a hora em tempo real no mundo todo - TimeTicker.com
Leia jornais de todo o planeta - Newseum.org

  18/09/2018   Bandeirantes e Deicmar anunciam seu novo diretor de logística - Roberto Teller tem vasta experiência no mercado portuário e ficará respon...     18/09/2018   Educação é o remédio - Nosso País chegou ao limite do cultivar o ultrapassado. Nós, brasileiros, precisamos nos dar conta e evitar que o ...     18/09/2018   Aneel faz ultimato para Shanghai e Eletrosul - Se o prazo não for respeitado, obras de transmissão serão leiloadas.     18/09/2018   Previsão é de bandeira vermelha até dezembro - A bandeira vermelha nas contas de luz deverá continuar pesando no bolso dos consumidores a...     17/09/2018   CCR ViaOeste, CCR RodoAnel e Instituto CCR entregam mensagens educativas nas praças de pedágio - Mais de 35 mil mensagens criadas por par...     17/09/2018   Peça infantil “Cadê o amor que estava aqui?” tem apresentações gratuitas na Região Oeste - Com apresentação do Instituto CCR e patrocínio...     17/09/2018   Professores da Região Oeste participam de oficina de contação de histórias com HQs e “Stop Motion” - A capacitação faz parte da formação ...     17/09/2018   Greenbrier Maxion entrega vagões para o Peru - A Greenbrier Maxion, que oferece soluções completas e integradas para todas as ferrovias d...     17/09/2018   VLI lança universidade corporativa - Iniciativa vai aprimorar a formação interna de olho nos desafios da companhia.     17/09/2018   BR-163/MS: CCR MSVia divulga trechos em obras - Dando continuidade ao cronograma de obras e serviços de melhoria a serem executados na BR...  
Translate to EnglishTraducir al EspañolÜbersetzung der Deutschen意大利語翻譯Traduit en FrançaisTraduci in Italiano

Clique para ampliar

13/09/2018

Entidades gaúchas se mobilizam por modal ferroviário

Multimodalidade

Translate to EnglishTraducir al EspañolÜbersetzung der Deutschen意大利語翻譯Traduit en FrançaisTraduci in Italiano

Nota

?

0 votos

O desenvolvimento econômico do Rio Grande do Sul passa por investimentos em logística e as ferrovias são excelentes alternativas para acompanhar o crescimento de produção do Estado, principalmente no que diz respeito aos sucessivos recordes de safra agrícola e ao agronegócio. Preocupadas com a dinâmica desse transporte, entidades como a Fecomércio, Farsul, Fiergs, Federarroz e Famurs enviaram no dia 4 de setembro ao ministro dos Transportes, Portos e Aviação, Valter Casimiro Silveira, uma carta de reivindicações dos setores produtivos gaúchos referente ao modal ferroviário.

A carta destaca a importância das ferrovias para a economia e exige mais fiscalização da Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) e do governo federal com relação ao trabalho realizado pela Rumo Logística, concessionária que hoje detém a gestão da malha ferroviária gaúcha.

Segundo as entidades, a empresa vem desde o início da sua concessão, em 1997, desativando ramais. Hoje, o Estado conta com 1.823 quilômetros de linhas férreas aptas, dos 3.259 quilômetros existentes, e apenas os trechos de Cruz Alta/Rio Grande e Passo Fundo/Porto Alegre/Rio Grande/ Vacaria estão em atividade. "Esta situação se mostra especialmente preocupante quando analisamos a dinâmica de transporte de mercadorias. Atualmente, 88% das cargas são movimentadas a partir do modal rodoviário, que se encontra instável devido à alta do preço dos combustíveis, entre outros fatores, enquanto as ferrovias respondem por somente 6% deste total", explica o presidente da Fecomércio Luiz Carlos Bohn.

Outra preocupação das entidades gaúchas está na prorrogação das concessões das empresas que hoje são responsáveis pelo transporte ferroviário. Em julho, a Associação Nacional de Transportadores Ferroviários apresentou dados referentes ao desempenho global das malhas concedidas como um dos argumentos favoráveis à prorrogação por mais trinta anos das concessões com término previsto para 2027.

"Contudo, com a análise da malha gaúcha, vê-se que este desempenho não se reflete no Estado", complementa Bohn.

No começo de 2018, o governo do Estado lançou um Plano de Logística e Transportes, indicando investimentos de R$ 8,2 bilhões em ferrovias, a construção de 929 quilômetros de linhas e a restauração de 1.950 quilômetros.

Na época da divulgação do plano, também foi constatado o abandono da malha ferroviária pela empresa Rumo.

 

Por Jornal do Comércio - RS

 

Qual a sua avaliação?

0 Comentários - Faça o seu comentário

Voltar

Compartilhar

Clique para ampliar

Leia Também

Bombardier apresenta um novo trem operado por bateria

Justiça proíbe uso de câmeras de reconhecimento facial no Metrô

Espírito Santo sem garantias para ganhar ferrovia Vitória-Rio

Swissport e Air New Zealand firmam parceria na Austrália

Estação Campo Limpo da Linha 5-Lilás tem atendimento com especialistas do Sebrae-SP

Bandeirantes e Deicmar anunciam seu novo diretor de logística

Educação é o remédio

Aneel faz ultimato para Shanghai e Eletrosul

Previsão é de bandeira vermelha até dezembro

CCR ViaOeste, CCR RodoAnel e Instituto CCR entregam mensagens educativas nas praças de pedágio

Mais...

 

Este site possui suporte ao formato RSS



Notícias em Tempo Real

   

Google
Pesquisa personalizada

       

 Powered by CIS Manager - Desenvolvido por Construtiva

Intelog - Inteligência em Gestão Logística